Panelinha da direita o cacete

O tweet que ilustra este post foi motivo de muito debate recentemente na esfera reaça do Twitter.Tudo começou quando uma garrafa de corote (@Corotenho) começou a reclamar da declaração do político em questão, reclamação que não foi bem recebida por muitos perfis conhecidos por defender pautas “de direita”.A maioria das reclamações citavam uma possível divisão “da direita” fomentada pela garrafinha de pinga.

Antes de tudo vamos ver a declaração do Bolsonaro Filho.Para ele a prioridade do Brasil é a implementação do projeto escola sem partido, prioridade acima da própria economia. A afirmação é de uma falta de bom senso inenarrável! Precisa ser no mínimo alienado para achar que alguma ação envolvendo EDUCAÇÃO é prioridade em um país onde pessoas ainda não contam saneamento básico! Num país afundado no desemprego e com nível de assassinatos maior que o de países em guerra. Assusta mais ainda ver essa frase sendo dita por alguém que ocupa um cargo de deputado. Sem uma economia sólida não teremos empregos para nossos jovens e daí não adianta que eles tenham uma educação livre de propaganda comunista.

Em segundo plano vale ressaltar a besteira que é esse papo de “divisão da direita”. Primeiro precisamos lembrar que não adianta existir uma direita organizada na internet se ela não existe na camada política.São pouquíssimos os políticos e candidatos com uma verdadeira inclinação para a direita e a maioria desse pequeno grupo é bastante limitada e equivocada quanto ao que defende e principalmente sobre a melhor forma de aplicar estes conceitos. Logo, antes de reclamar sobre comentários de direitistas você precisa reclamar primeiro da falta de opções no cenário político.

Nem preciso lembrar que concordar pra “fortalecer o movimento” é absurdo e característica do comunismo mais materialista e pragmático. Só uma pessoa totalmente retardada prefere pensar com a cabeça de um clube ideológico. Só um babaca completo evita a verdade pra não arriscar um objetivo.

Chama a atenção também que a mesma turma que está aí defendendo “a direita” cala a boca todas as vezes que os filhos do Bolsonaro, que estão nadando em benefícios pagos com dinheiro público, fazem merdas que verdadeiramente ferram a viablidade de uma direita no Brasil. Opinião de perfil no twitter parece ter mais importância que atitude de político eleito!

29 thoughts on “Panelinha da direita o cacete

  • Fevereiro 15, 2017 at 10:50 am
    Permalink

    PELO AMOR DE DEUS, de tantos temas a serem usados como exemplo colocam uma obviedade dessas como motivo de discórdia? Que a educação é uma prioridade maior que a economia é obvio, o problema do Brasil nunca foi econômico, o que acontece é que um pessoalzinho ~de direita~ está mais preocupado em comprar iphone ganhando salário mínimo que com o país. Falam tanto do Olavo mas não entendem, ou fingem não entender o que ele diz, um país sem educação, e mais importante, sem BASE MORAL, vai estar fadado ao fracasso, a economia depende da educação, o saneamento básico depende da economia, que depende da educação. Me pergunto se a pessoa que escreveu o texto sabe o que quer dizer ~alienação~ e principalmente, se entende a relação de causa e efeito

    Reply
    • Fevereiro 15, 2017 at 10:52 am
      Permalink

      o texto tá todo errado

      Reply
    • Fevereiro 15, 2017 at 1:39 pm
      Permalink

      Concordo. Falou tudo! A guerra, acima de tudo, é cultural. Sem a base que é a cultura, a economia e outras áreas da sociedade sempre estarão em frangalhos.

      Reply
    • Fevereiro 16, 2017 at 4:32 am
      Permalink

      Acredito que o Tonho esteja falando de uma parte da coisa que é que essa questão de “educação” também é meio que uma bitolagem e um código onde no final as pessoas só estão em busca de um diploma, não aprendem coisa alguma, e no final o país continua com problemas mais sérios.

      Acredito também que ele entende que essa base moral que você é preciso em dizer é mais importante que a economia.

      Talvez o texto tenha passado uma mensagem ambígua? O autor deveria se pronunciar.

      Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 10:52 am
    Permalink

    Tem gente que o hálito fede de longe só de chupar o p a u dos Bolsonaros.

    Reply
    • Fevereiro 16, 2017 at 4:29 am
      Permalink

      Fedorenta é sua buceta já bem cansada de tanta doença.

      Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 10:53 am
    Permalink

    É triste saber que tem muita gente da direita que quebraria os dentes se o Bolsonaro levasse um chute no saco. Sim, ele talvez seja a única esperança de limpar o planalto do comunismo, mas torná-lo um “santo” não é saudável em uma democracia. Temos que elogiar quando algo bom é feito, mas as críticas(com fundamentos) também são necessárias. PASSAR PANO É O CARALHO

    Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 11:12 am
    Permalink

    O que eu entendi que ele quis dizer foi que é um TEMA mais importante que economia, não que é mais importante que o nosso atual estado econômico. Uma coisa vai complementar a outra.

    O cara enfatiza sempre a questão dos milhares de desempregados do Brasil, aí vocês pegam uma simples declaração pra malhar o cara em nome de “não idolatramos políticos” sem analisar direito o que se quis dizer.

    Do que adianta ficar focado em economia e esquecer da moralidade? Cês ja pararam pra pensar quantos mini Mao-Tse-Tung saem das faculdades hoje em dia? Sem moral nenhuma, eles vão criando outros igual ele.

    Não se trata de “chupar rola dos bolsonaros”, se trata de que a questão econômica é secundária SIM. Nossa moral foi pro buraco e junto foi nossa economia. Se a gente pensasse com a cabeça, não estaríamos afundados nessa bosta.

    Me admiro de alguém que fala tanto sobre comunismo não entender que esse tipo de pensamento foi justamente o que levou a URSS a ser o que foi.

    Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 11:15 am
    Permalink

    não dá pra entender porra nenhuma do texto!! não fica claro se é ironia, se é sério.

    Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 11:31 am
    Permalink

    É importantíssimo pra direita e para os seus candidatos saber que ninguém está acima da razão e imune a criticas. Não podemos coloca-los em pedestais e cultua-los. Disso aí o outro lado esta cheio.
    Eu quero que os Bolsonaros saibam que estamos os apoiando, suas ideias chegam o mais perto das nossas, mas que se fizerem merda, vamos ser os primeiros a escorraçar (Vide Brant, conservadias em geral…)

    A real é que para termos uma direita forte, precisamos ser bem representados.

    Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 11:33 am
    Permalink

    É sério que o idiota discorda disso que o bolso kid disse? De que adianta recuperar a economia (em partes, o que Itamar Franco fez) e manter o marxismo cultural dominando a sociedade? Mais dia menos dia a economia voltará para o buraco, como está atualmente… Alienado é o criador do texto que parece um simples liberal infantil sem muita noção do que diz.

    Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 11:33 am
    Permalink

    Lula fez a economia bombar. E educou jumentos.

    Reply
    • Fevereiro 15, 2017 at 12:39 pm
      Permalink

      exemplo perfeito

      Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 11:38 am
    Permalink

    O Maldad priorizou a Cultura pela esquerda em detrimento de outras frentes, olha a naba que colheu, é bom a direita aprender com os erros do inimigo também.

    Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 12:32 pm
    Permalink

    Acho que podemos mostrar apoio a um político sem ser fanboy, mas essa turminha da zueira me dá preguiça, vamos aprender a interpretar primeiro? escola sem partido é um TEMA mais importante do que economia, ou vcs que se dizem conservadores não entenderam? A esquerda veio preparando o terreno já no perído militar, dominando a mídia, as escolas e o caralho a 4, a presidência foi só a cereja do bolo! A economia dá pra restaurar em uma semana, já a parte cultural/universitaria precisa de uma geração inteira, 15 ou 20 anos! Os twitter warriors não sabem que direita organizada no Brasil ainda é uma novidade, 5 anos atrás ninguém aqui se declarava conservador, pessoas que em pouco tempo eram esquerdistas hoje em dia acham que tem autoridade pra ditar o que é direita ou não, a maioria nem pratica aquilo que prega 24hrs por dia. Aliás, essa direita zueira consiste em neo-conservadores, libertários, liberais e até nacional-socialistas, é claro que uma hora ou outra essas tretinhas iriam surgir. Se não montarmos uma direita organizada e forte, vamos sempre ser um bando de babacas que dependem de internet.

    Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 3:37 pm
    Permalink

    Texto muito confuso… entendi quase nada! Precisam melhorar, mas acho bacana a ideia da revista…

    Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 5:13 pm
    Permalink

    O Eduardo está errado mesmo, mas nem por isso vou deixar de votar no pai dele. É só questão de diálogo pra ele mudar de ideia. Ali ninguém é mente fechada!!

    Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 8:11 pm
    Permalink

    Você precisam muito de uma gramática!

    Reply
  • Fevereiro 15, 2017 at 9:08 pm
    Permalink

    Desculpe, mas o texto esta equivocado. Se falarmos de BASE. Educação é milhões de vezes mais importante para alavancar a Direita que a Economia. Qual os maiores entraves à Direita atualmente que são as únicas coisas que mantém a esquerda ainda respirando ? A mentalidade esquerdista arraigada na sociedade, a militância esquerdista jovem e doente (vide feministas) e a militância descaradas de praticamente toda a mídia. E de onde tudo isso veio? De dentro das salas de aula onde professores barbudinhos filiados ao PSOL militam sem parar. Geralmente concordo com vocês, mas nesse caso o Eduardo esta certo. Esta faltando visão estratégica a vocês.

    Reply
  • Fevereiro 16, 2017 at 4:28 am
    Permalink

    Fico muito feliz em ver que as pessoas estão entendendo que a MORAL vem antes de tudo, inclusive da economia. Sem moral, de nada adianta uma economia desenvolvida. Basta ver o que aconteceu nos últimos 5 anos no Brasil!

    Acho que foi isso que o Bolsonaro quis dizer e é essencial mesmo que se fale sobre isso e se comente sobre isso. Isso nos separa de quem só está “descontente com as coisas” porque a economia está ruim, como os liberais, e isso não é correto ou “de direita” PORRA ALGUMA.

    Se a economia estiver boa e “liberalizada”, pode ser até o satan governando que tem uma galerinha aí que apoiaria.

    Deus nos abençoe! Muito legal ver que as pessoas estão realmente querendo enxergar a coisa pelo lado certo.

    Reply
  • Fevereiro 16, 2017 at 6:16 am
    Permalink

    Enquanto o povo continuar BURRO, nada vai mudar. Enquanto o povo continua BURRO, um tal de Lula vai continuar liderando as pesquisas para presidente. Enquanto o povo continuar BURRO, os Renan Calheiros, Eduardo Cunha, Lindenberg, Graziotin, Collor, Jucá, Eunício, Lobão e outros merdas continuaram sendo eleitos. TUDO começa pela educação. Merda é falar que a educação não está entre as prioridades máximas do Brasil.

    Reply
  • Fevereiro 16, 2017 at 10:27 am
    Permalink

    Os Bolsonaro sozinhos não são nada. A hora que eles sentirem o cheiro do poder, vão ter que dar até a bunda pra conseguir apoio e outra coisa, ta la o Rio de Janeiro na merda, e o Jair Bolsonaro o que esta fazendo? Direita de cú é rola, esses pregos tão lá é pra ajudar a fuder com a gente.
    Fim do foro privilegiado e fim das regalias a esses vagabundos.

    Reply
  • Fevereiro 16, 2017 at 12:07 pm
    Permalink

    Não existe doutrina social “de direita”
    Não existem mais que uns 20 conservadores intelectuais no país.
    Antes de pregarem união ou divisão da direita, que tal criar uma?
    Vão ler uns livro molecada
    Anna Karênina
    A Trilogia do Reich
    Papeis Federalistas
    O verso da carteira de trabalho
    Abolicionismo (Joaquim Nabuco)
    Leia sobre a Guerra dos Farrapos (não sou da viadolândia)
    Lições Preliminares de Direito.
    Mas parem de inventar coisa que nem existe

    Reply
    • Fevereiro 17, 2017 at 4:20 am
      Permalink

      Mas existe um espírito do que é ser “de direita” e isso vale muito mais que uma doutrina, por ser com base absoluta e não num conjunto de valores definidos por homens.

      Reply
  • Fevereiro 17, 2017 at 5:12 am
    Permalink

    Não sei se entendi direito (não ficou claro se foi ironia) mas o autor do texto está dizendo que a frase do Eduardo Bolsonaro está errada. Não importa quem falou, esquece que “são os bolsonaros”. Essa frase está certa sim, a cultura imposta nas escolas é infinitamente mais importante do que economia. O texto diz que não adianta discutir isso nas escolasuas pq sem economia não tem escola. É bem ao contrário. Sem educação e cultura não vai ter economia que se sustente

    Reply
  • Fevereiro 17, 2017 at 9:26 am
    Permalink

    Discordo do texto do Tonho. Como arrumar a economia se a esquerda domina todas as esferas política?
    Escola Sem Partido ou qualquer projeto para acabar com o Marxismo é mais importante sim do que a economia.
    O problema atual não é lá em Brasília (políticos), somos nós o problema do país. Temos que ser reeducados e devolver a nossa sanidade mental e nossa subjetividade.
    Se continuar da maneira que tá, daqui há 20 anos vai tee pirralho falando na sua cara que 2016 foi um golpe pq a verdade sempre está do lado de quem vence.
    Não tem mais jeito, hj a guerra é direita contra esquerda. O que tiver depois disso é secundário.

    Reply

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *